Domingo, 24 de Julho de 2005

SOBRE UM AUTO DE FÉ

capt.sge.nlz73.200705151902.photo00.photo.default-389x246[1].jpg

Percebi sobre o que falas. Também me arrepiei ao ler no Público de hoje o acto nefando do auto de fé sobre livros em biblioteca escolares decidido num despacho de um Secretário de Estado da Orientação Pedagógica (!). E pelo que percebi da figura de Rui Grácio, enquanto ele foi vivo e teve actividade cívica visível, era um homem ponderado e preventor de excessos. Mas, pelo menos num momento, o medo gerado pelo zelo revolucionário aqueceu-lhe a cabeça. O que nos remete, a mim remete-me, para a eterna pergunta – como é possível que a besta que há em cada um de nós, de vez em quando, de nós tome conta? E que me desculpes, querida Guida, prefiro esta formulação de partilha que a de transferir para os "responsáveis" todas as culpas, como me pareceu ser a tua posição. Sem canalhas colaborantes, como aqueles professores que se escudaram na cobardia do "cumprir ordens", o despacho do Rui Grácio teria sido apenas uma estupidez inútil sem que um único livro tivesse sido queimado. Mas, infelizmente, por cada dirigente canalha há uns mil canalhas para lhes cumprirem as ordens. E com um gozo talvez mais canalha que o dos mandantes.
publicado por João Tunes às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

AOS LEITORES DO FUMAÇAS

capt.sge.ngf20.190705224040.photo00.photo.default-380x253[1].jpg

O João Carvalho Fernandes, um liberal jubilado e uma referência da blogosfera, foi em gozo de merecidas férias.

Para os seus fiéis e entusiastas leitores, recomendo que não deixem de seguir as suas sábias recomendações quanto aos blogues que ele nomeou como alternativas de leitura durante a sua ausência... Vá lá, componham os links!
publicado por João Tunes às 23:22
link do post | comentar | favorito
|

UMA CARTA FORA DO MEU BARALHO

bras-coroa.jpg

Já me pareceu uma alternativa útil na falência de alternativas. Ou de quem desse o passo em frente. Um género de frémito de impedir o pesadelo Cavaco.

Mas, entretanto, no Metro de Londres e a 7 de Julho, a Al Khaeda matou politicamente Mário Soares. O que então disse e depois repetiu, demonstram que Mário Soares se infantilizou para esconder a respeitabilidade que lhe devemos pelos seus oitenta anos de idade. Mário Soares já não tem a idade para ser esquerdista, um esquerdista irresponsável do género bloquista, porque lhe falta - lei da vida - a margem do tempo para ganhar experiência, maturidade e bom senso que, mais tarde, equilibre os desequilíbrios das “verduras”.

O terrorismo de matriz fanática islâmica declarou-nos guerra a todos. Matará qualquer um de nós ou os nossos filhos para, pelo terror, nos amedrontar, cedendo-lhes, na abdicação da tolerância e dos hábitos democráticos que demorámos - a humanidade - séculos e séculos a alcançar. Estender-lhes a mão é aceitar que eles coloquem a bomba nos nossos dedos.

O que Mário Soares disse, e repetiu, sobre o terrorismo, é plenamente aceitável como opinião individual ou mesmo na qualidade de opinion maker. É espantoso e irresponsável mas é legítimo como opinião. Mas Soares colocou-se além das margens do sistema de defesa das democracias e, por isso, irrecuperável para desempenhar um papel institucional e, muito menos, voltar ao cargo de Supremo Magistrado da Nação.

O drama do terrorismo, pela sua eficácia e poder corruptor, obrigou a colocar-nos acima (se preferirem, ao lado) da divisão esquerda/direita. Porque, com a morte da civilização, também as ideologias e separações de visão social, iriam na enxurrada. Cedendo à Al Khaeda de que adiantaria ser-se de esquerda? Nada, penso eu. Neste sentido, vejo Soares como um candidato inútil para a esquerda. Por assim pensar, nunca terá o meu voto (agora, nem com a mão a tapar-lhe o retrato). Um voto apenas, mas um voto. Que será contra Mário Soares e o abdicacionismo que ele representaria, se se candidatasse.
publicado por João Tunes às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

RESERVA DE LUGAR PARA VOTAR

dia_eleicoes001.jpg

Pode parecer à primeira vista, mas a lataria e outros objectos em fila junto ao portão do “Jardim Infantil Palmeirinha” (hoje a servir de “assembleia de voto”) não é lixo desleixado. É marcação de lugar na fila cívica para exercício do dever eleitoral em Bissau, como nos conta o sempre atento Jorge Neto:

”Minutos antes das 7 horas, numa das mesas por onde passámos, este era o aspecto. Garrafas, latas, pedras e até um amortecedor serviam para marcar a ordem da votação. Voltámos a passar às 7.30h e, surpreendentemente, ou talvez não, a fila estava formada, ordeiramente e sem discussões. Todos os eleitores sabiam perfeitamente qual a lata ou pedra que tinham deixado a marcar lugar!”
publicado por João Tunes às 13:14
link do post | comentar | favorito
|

ZOO-LIMPEZA DE MONITORES

Monitor.jpg

Em tempos de poupança e de eficácia, aqui está um modo prático de limpar monitores de PC. Experimentei e resultou. O problema (mas não há nada que não se resolva) foi meter o bichano lá dentro.
publicado por João Tunes às 12:58
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 23 de Julho de 2005

PAÍS COM PICHA ARDIDA

Pedro 003.jpg

Lá fui em saltada até à Serra do Açor, destino Pampilhosa da Serra, levando dois simpáticos e jovens companheiros para espetar com eles nos braços dos avós. Um matar saudades que lhes quis oferecer, sabendo o gozo imenso que dava às duas partes, e que me misturei para aproveitar boleia de carinho e como contra-veneno para que a alma não azede e comece por aí a engolir vinagre por perda de sabor ao que merece o nome do vinho bom da vida. E o espectáculo valeu para compensar o esforço de galgar serras na ida e volta tendo pouco mais que uma noite de intervalo.

A viagem está mais que sabida e quase sabendo de cor e salteado cada curva, cada recta de folga e cada vista que, mesmo de solaio, já está registada na memória. Os fogos rondam mas, por enquanto, estão longe da vista as suas cinzas e o castanho de destruição de árvores e mato.

Eis senão quando, saído do Pedrogão Grande, entro nessa sequência tripla das três localidades gémeas e quase pegadas entre si ladeando a estrada – Picha, Venda da Gaita e Senhor dos Aflitos e que, normalmente, dá direito aos comentários do costume. Mas, desta vez, a chacota entupiu-se perante o espectáculo mais que desanimador. É que, sem que eu tenha dado por ter sido notícia gorda nos periódicos e telejornais, Picha ardeu. E bem (o fogo envolveu as casas da localidade e chegou junto à sua bomba de gasolina). Não tendo tido disso notícia e por isso faltando-me o devido sobressalto, este País ia ficando sem Picha e não se safou sem que ela ficasse metida entre restos carbonosos de um valente churrasco. Se calhar fui o único a não saber. Ou então este desgraçado País já está por tudo e tudo disposto a perder e a churrascar. Sinal de que estamos mesmo nas últimas – queimam-nos a Picha e o País muda ministros mas não muda de modorra. Nada se passa aqui?
publicado por João Tunes às 21:51
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Julho de 2005

RESPOSTA PELA VIA MONÁRQUICA

coroa_carlos10.jpg

Se os meus amigos, como este, desatam a candidatarem-se para Presidente da República, arriscando-me a que sejam todos presidentes (por uma questão de mérito, coisa que a nenhum deles falta, não sobrava um que deslustrasse a função) e assim ficarem sem tempo para me aturarem, eu não vou ficar para aqui reduzido a chatear os vizinhos, nem os velhotes e as velhotas do Centro de Dia, muito menos embirrar com a mulher, os filhos, o neto e o cão. Se a ideia do Xicuembo (que eu já não sei se é amigo de Almeirim ou amigo de Peniche) era condenar-me à solidão, está bem enganado. Ainda me dá, mas é, um vaipe, abarbato o trono ao Juan Carlos (que para isso não é preciso eleições), conquisto esta Província e meto um vice-rei em Belém. Como assim, se calhar é mesmo essa a missão que me trouxe ao mundo – antecipar a inevitabilidade histórica. O Xicuembo que trate da sua eleição que eu vou já arrancar com a aclamação.

Adenda: E nem é tarde nem é cedo. Vou arrancar já para a campanha de aclamação na Serra do Açor. E pode haver maior e melhor aclamação que a dos afectos? Pois, até já que eu não demoro.
publicado por João Tunes às 12:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

CANTILENA PELA POESIA

terra2[1].jpg

Há vezes em que marx escreve direito por linhas tortas e acrescente-se que lenine também porque nunca nos vão obrigar a separar um do outro nem nas linhas nem no que fôr e isto vem a propósito de ter lido ontem o josé pacheco pereira no público apesar de ele ter sido pelos chineses quando não devia ser porque se fosse pró chinês hoje em dia até o era muito bem porque os camaradas dos têxteis deles agora até estão unidos aos trabalhadores do vale do ave mais a sua luta pela defesa dos postos de trabalho e são do pouco que resta do verdadeiro socialismo queira ou não o facho da madeira mas esse josé pacheco pereira como já disse foi pelos chineses na altura que eles estavam desconcentrados e desencontrados dos camaradas soviéticos e portanto na contra-revolução mas agora até nem sei se foi marx ou engels ou mesmo lenine que disse que era péssimo para a revolução ter-se razão fora do tempo e o certo é que agora que os chineses estão na linha justa é que o josé pacheco pereira lhes virou as costas e ganha a vida a caluniar a memória do camarada álvaro contando coisas que se calhar até aconteceram mas de que a burguesia se aproveita e isso para um verdadeiro revolucionário deve sempre ser tido em conta e que é o princípio de nunca se fazer o jogo do inimigo seja ele qual fôr e que são tantos que a gente nem sabe para onde se virar mas voltando a essa peça jornalística do josé pacheco pereira no artigo de ontem do público vá lá que temos de lhe reconhecer que esse facho teve um vaipe de lucidez dialéctica ao escarrapachar os méritos poéticos do nosso camarada jerónimo que editou aquele livro de poesias originais e editadas por aquele jornal que de público só tem o nome porque se eles fossem sinceros chamavam àquilo o público burguês mas apesar disso e só para ganharem uns dinheiros para engordarem o belmiro editaram o livro de poesia do camarada jerónimo e e que está a ter um enorme sucesso e que recolhe as poesias populares que ele escreveu entre os discursos do tempo da cintura industrial de lisboa e em que dia sim dia não havia uma manif e o camarada jerónimo discursava sempre mas pelos vistos nos dias não em que não havia manif e o camarada não discursava aproveitava para fazer boa poesia e demonstrando assim que não se fica atrás dos desenhos e dos romances mais os filmes do camarada precedente e de que ele está a continuar a obra e muito bem e tanto que já não se viam tantas lutas juntas desde os tempos da muralha de aço como o facho do josé pacheco pereira acaba de reconhecer que até gostou daquelas poesias que não tenho dúvida que vai ser o grande sucesso autodidacta do stand dos livros da próxima festa do avante a par dos desenhos do álvaro e dos romances do álvaro e dos dvds com os filmes do álvaro e mais as fotografias com o álvaro a empurrar a revolução porque agora já podemos dizer o que nos vai na alma sobre o álvaro sem nos mandarem calar por causa dessa coisa que era proibida lá do culto da personalidade quando o kruschov começou a trair a revolução soviética e a preparar o poleiro para o traidor do gorbachov e se agora podemos dizer bem do álvaro que está falecido como falecida está a união soviética também não vamos deixar o jerónimo atrás lá porque é metalúrgico e está vivo e cheio de energia para combater a direita e ainda arranja tempo para fazer boa poesia.
publicado por João Tunes às 00:20
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Julho de 2005

CANTILENA DA OTA E DO TGV

comboio2[1].jpg

Não dou dois dias bem medidos ao governo reaccionário do sócrates agora ainda mais alinhado à direita desde que mandou embora o ministro das finanças que era o único que defendia os direitos dos trabalhadores e o aumento dos ordenados e das pensões mais a progressão de carreiras dos camaradas da função pública e para mais cedendo em toda a linha às privatizações do ministro rachado que é esse não sei quê lino que antes de atraiçoar este ministro das finanças com as suas políticas de privatizações já atraiçoara o nosso querido camarada carlos costa que é um dos camaradas melhores que cá temos e a quem desejo do coração que ainda tenha muitos anos de saúde e de energia e que porque não era sectário confiou tanto nesse tal lino que até fez dele o seu braço direito para depois sair pela direita baixa e armar-se em renovador social democrata e apoiante do traidor do gorbachov que nos deu cabo da nossa rica união soviética que era quem aguentava a revolução em todo o mundo e metia respeito aos americanos e assim acabou muito bem expulso do partido e vem agora esse ministro rachado qualquer coisa lino a querer privatizar os aeroportos e as estações e linhas de caminhos de ferro e como os capitalistas nunca se cansam de encher a pança ainda lhes quer dar a ota para expropriarem as hortas dos operários agrícolas de alenquer e arredores e para mais prejudicar os camaradas taxistas que vão ter muitas dificuldades em pagarem o gasóleo da ota para lisboa e de lisboa para a ota quando estavam tão bem neste aeroporto e onde era uma beleza expropriar os capitalistas camones que iam do aeroporto para os hotéis da baixa dando-lhes tantas voltas pelo caminho que quando chegavam ao hotel já queriam voltar para casa porque já conheciam lisboa da frente para trás e de trás para a frente e não satisfeito com isto ainda quer meter os comboios a andarem mais depressa que é para as bilheteiras cobrarem mais dinheiro pelos bilhetes e assim engordarem os lucros e não darem tempo a que se façam plenários dos camaradas ferroviários na luta pelo seu contrato colectivo que como sabemos é a coisa mais sagrada que um trabalhador pode ter apesar da ofensiva com o novo código do trabalho que muito bem a cgtp não aceita e não podia aceitar porque ele está feito à medida dos amarelos aliados do patronato mas é por estas e por outras e graças ás lutas populares que este governo do sócrates não se vai aguentar só com o apoio da direita e se se quiser salvar eles que apoiem para a presidência o nosso camarada carvalhas que é assim para o mole e para as falinhas mansas e nada que se pareça com o metalúrgico jerónimo que é o camarada com mais espírito de classe que conheci até hoje mas tem de haver camaradas para todos os gostos e feitios e não podemos ser sectários nem impôr os nossos pontos de vista e através da discussão mas nos sítios certos é que se chega às decisões correctas e essa de candidatar o camarada carvalhas até que está bem vista e os socialistas que nem candidato conseguem arranjar se se querem ver livres da pressão da direita vão ter mesmo de alinhar com o camarada carvalhas que foi um camarada que já deu muito ao partido e até sacrificou bons ordenados porque ele tinha estudos e era muito competente nas economias e não pode andar por aí sem tarefas atribuídas.
publicado por João Tunes às 17:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

CHARADA OU CIFRA?

Escrit.JPG

Por vezes muito temos de nos espremer para entender certos posts. Até que cheguei a um que bateu o record – espremeu-me (mais que espremê-lo) e não saíu nada. Ajude-me quem o souber decifrar:

”.atsilaicos adreuqse ad laicnediserp otadidnac o res a otsopsid átse laramA od satierF

!otiugnam mu savel ,etrap ahnim aD”


Isto será linguagem cifrada a anunciar algum atentado? Pelo sim ou pelo não, fica à atenção dos tipos do SIS. Declaração de interesses: utilizo, com frequência, transportes públicos (comboio, autocarro e metro).
publicado por João Tunes às 16:16
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. NO RIO DA TOLERÂNCIA

. LEMBRANDO MARIA LAMAS, MA...

. SOLDADO FUI, OFICIAL TAMB...

. UMA VELHA PAIXÃO PELO “DL...

. LIBERDADE PARA FERRER GAR...

. VIVA A REPÚBLICA !

. FINALMENTE, A HOMENAGEM (...

. COM OS PALANCAS NEGRAS

. POR CESÁRIO VERDE
(esq...

.arquivos

. Setembro 2007

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds