Sexta-feira, 2 de Setembro de 2005

AS LÁGRIMAS DO URUBU

_40755362_katrinabody.jpg

Não só o Presidente Coronel Paraquedista Hugo Chavéz gozou com Bush e lhe ofereceu, com a grandeza cínica dos medíocres, um Batalhão para compensar a incompetência dos States.

Não só o Presidente da Assembleia Cubana saudou as vítimas exploradas do Mississipi e ofereceu solidariedade que compense a inépcia das operações de socorro.

Não, não foram só eles. Não faltou urubu por aí que, sem esperar que os mortos fossem a enterrar, não metesse o Iraque em cima de Nova Orleães.

Os urubus não dormem. E, quando calha, choram.
publicado por João Tunes às 23:03
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Joo a 8 de Setembro de 2005 às 17:29
Comentário único aos vossos comentários: gosto desta pluralidade de opiniões. Por momentos, até me pareceu que estávamos em Cuba, na Ilha da Liberdade! Obrigado a todos.


De C.Indico a 5 de Setembro de 2005 às 12:35
1-Não foi um erro técnico, esta tragédia. Foi um canalhice politica;
2-Há muito que estavam descritos, que agora parecem óbvios, mais nisto os americanos são mesmo excelentes (transformar em qualquer situação comfusa e arrancar o mais simples , o óbvio), os 3 grandes desastres que poderiam acontecer, e pela sua imprevisibilidade seriam catrastóficos:
2.1- Uma ataque terorista, biológico ou bomba suja,etc.
2.2- Um terromato em L.A., que não pára de crescer sem ordenamento, apesar da boa construção, mas a área urbana é tão extença que os socorros serão de uma logistica infinda,
2.3-New Orleans, a tragédia que aconteceu.
3- A opcção foi em desinvestir, segundo a boa receita neoliberal,que não é neo é simplesmente a do século XIX.
4-Quanto ao anti ou pro não é aqui chamado.As pessoas do tsumani asiático,de um eventual terramoto em Lx,de New Oeleans, de Bagdad são todas as mesmas: simplesmente pessoas.
E é a ver os radicais cristãos e muçulmanos a ladrarem o mesmo discurso, que verdadeiramente assusta.


De Z Paulo a 4 de Setembro de 2005 às 15:05
Vinha eu preparado para colocar algumas palavras quando acabo por ler o comentário do Ricardo. Escreveu ele, na sua forma, o que eu escreveria, na minha forma. Mas já agora, repito aqui a frase que coloquei em outro lugar;

"Um flor para os indefesos e uma vaia para o Bush que além de não saber o que fazer no Iraque ainda deixa o seu povo indefeso dentro da sua própria casa." Acho que não preciso ser muito explícito para tentar explicar o que pretendo imbutir de conceitos na mesma.


De Carlos Gil a 4 de Setembro de 2005 às 02:34
Parabéns pelo post João. Que envergonha muitos de verbo ligeiro mas muito pouca... nem sei que lhe(s) chamar. Cachopice, talvez.


De Ricardo a 3 de Setembro de 2005 às 20:19
Viva,

No meio destes desastres nunca devemos misturar política com fenómenos naturais e incidentes desta dimensão. Nisso estamos de acordo! Mas algo está a correr desastrosamente mal. Quando um país com aquele peso económico demora tantos dias a garantir ajuda básica às populações temos que concluir que algo está mal. Agora aparecem, demagogicamente talvez, diversos relatórios de como este acontecimento foi previsto mas na realidade nada pode prever estas situações. O pior é a inoperância e incapacidade para reagir a esta situação por cortes orçamentais nos planos de alimentos e aí já podemos discutir as decisões políticas. Até para que no futuro as opções sejam diferentes.

Não vamos misturar alhos com bogalhos porque senão vamos cair no mesmo erro da análise aos incêndios portugueses. Mas as populações têm o direito de exigir outras opções orçamentais ao Executivo e este não pode constantemente ignorar que quem manda no dinheiro colectivo são as pessoas.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. NO RIO DA TOLERÂNCIA

. LEMBRANDO MARIA LAMAS, MA...

. SOLDADO FUI, OFICIAL TAMB...

. UMA VELHA PAIXÃO PELO “DL...

. LIBERDADE PARA FERRER GAR...

. VIVA A REPÚBLICA !

. FINALMENTE, A HOMENAGEM (...

. COM OS PALANCAS NEGRAS

. POR CESÁRIO VERDE
(esq...

.arquivos

. Setembro 2007

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds