Sexta-feira, 2 de Setembro de 2005

TRAPP EVOCAÇÃO

trapp.JPG

Lembrei-me dos velhos treinadores de futebol que foram antigos jogadores. Amarrados ao banco pela idade e, esgotado o tempo em que o seu respirar ditava um tempo que se quis de vitória, agora com missão de guiarem pés, pernas e cabeças de outros a desenharem assistências mortíferas e chutos certeiros. Num palco em que lhes cabe, agora e apenas, o papel de metade encenador e outra metade como jogador de poker. Afinal, um desporto tão bonito, o mais belo do mundo, transformado ali, na relva que nos continua os pés, num palco de teatro em que já não nos aceitam em cima das tábuas e nos dão um banco como reforma. Desesperando, quando o actor se corta à deixa ou outro treme com o palco todo para si.

Senti isso em Trappatoni. Essa vontade contida de entrar em campo e ajudar ou resolver. Mais noutros tantos e de todas as cores e feitios.

Mas eu vi com estes olhos - que a terra há-de comer se não estiver empaturrada – um velho jogador, com estatuto de treinador vetusto, o mais prestigiado num clube e em todas as antigas selecções, cabelos brancos penteados como emblema de respeito, saltar para dentro de campo e gritar - "Se vocês não marcam, marco eu! Eu quero marcar!". E correr. E tentar fintar agarrado a Fernando Pessoa. Como se o elixir da inspiração de um poeta maior fizesse o tempo desandar no tempo e esquecer a marca de outros poetas e que existe, pela frente, uma equipa adversária equipada a preceito e que come a relva para o campeonato ganhar. Talvez não se lembrando que melhor que esse poeta escolhido - uma boa esolha, Pessoa continua o Maior - devesse ser um outro que não soubesse, não só de finanças nem de bibliotecas, mas também de futebol e nem sequer constasse que tivesse contrato com um clube de jogadores mortos.

Eu vi. Alguém mais viu?
publicado por João Tunes às 22:13
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. NO RIO DA TOLERÂNCIA

. LEMBRANDO MARIA LAMAS, MA...

. SOLDADO FUI, OFICIAL TAMB...

. UMA VELHA PAIXÃO PELO “DL...

. LIBERDADE PARA FERRER GAR...

. VIVA A REPÚBLICA !

. FINALMENTE, A HOMENAGEM (...

. COM OS PALANCAS NEGRAS

. POR CESÁRIO VERDE
(esq...

.arquivos

. Setembro 2007

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds