Sábado, 23 de Julho de 2005

PAÍS COM PICHA ARDIDA

Pedro 003.jpg

Lá fui em saltada até à Serra do Açor, destino Pampilhosa da Serra, levando dois simpáticos e jovens companheiros para espetar com eles nos braços dos avós. Um matar saudades que lhes quis oferecer, sabendo o gozo imenso que dava às duas partes, e que me misturei para aproveitar boleia de carinho e como contra-veneno para que a alma não azede e comece por aí a engolir vinagre por perda de sabor ao que merece o nome do vinho bom da vida. E o espectáculo valeu para compensar o esforço de galgar serras na ida e volta tendo pouco mais que uma noite de intervalo.

A viagem está mais que sabida e quase sabendo de cor e salteado cada curva, cada recta de folga e cada vista que, mesmo de solaio, já está registada na memória. Os fogos rondam mas, por enquanto, estão longe da vista as suas cinzas e o castanho de destruição de árvores e mato.

Eis senão quando, saído do Pedrogão Grande, entro nessa sequência tripla das três localidades gémeas e quase pegadas entre si ladeando a estrada – Picha, Venda da Gaita e Senhor dos Aflitos e que, normalmente, dá direito aos comentários do costume. Mas, desta vez, a chacota entupiu-se perante o espectáculo mais que desanimador. É que, sem que eu tenha dado por ter sido notícia gorda nos periódicos e telejornais, Picha ardeu. E bem (o fogo envolveu as casas da localidade e chegou junto à sua bomba de gasolina). Não tendo tido disso notícia e por isso faltando-me o devido sobressalto, este País ia ficando sem Picha e não se safou sem que ela ficasse metida entre restos carbonosos de um valente churrasco. Se calhar fui o único a não saber. Ou então este desgraçado País já está por tudo e tudo disposto a perder e a churrascar. Sinal de que estamos mesmo nas últimas – queimam-nos a Picha e o País muda ministros mas não muda de modorra. Nada se passa aqui?
publicado por João Tunes às 21:51
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De PM a 25 de Julho de 2005 às 12:38
Pois é amigo João. Anda mesmo distraído. A Picha ardeu por volta do dia 12 de Julho, conforme foi noticiado. Não ouviu falar num grande incêndio em Pedrogão Grande? Pois foi esse mesmo. Na altura pensei em mandar a noticia, mas isto andava um pouco com os fusíveis a não funcionar como deve ser. Beijinhos.


De th a 24 de Julho de 2005 às 11:24
E há muito que os políticos teem as orelhas a arder, mas não aprendem...abraço, th


De magude a 24 de Julho de 2005 às 00:19
Passa-se tudo João!Passa-se que o país pula e avança como bola colorida entre as mãos de uma criança, vamos ter aeroporto novo e comboios de alta velocidade para brincar. Passa-se que enquanto isso os bombeiros continuam a ser voluntários, os Canadair continuam a vir de Espanha, os helicópteros a ser alugados e o material de combate a incêndios tem por vezes mais anos do que eu. Passa-se tudo João! Passa-se que os ministros vestem ganga e deixam as gravatas em casa e visitam o país negro e cinza a que nos vamos habituando, chegam de helicóptero e com estatísticas e mais promessas de que tudo vai mudar. Passa-se tudo João! Passa-se a esquerda à espera de Soares, a direita à espera de Cavaco, nós à espera do que vier, à espera da retoma, à espera de melhores dias. Passa-se um país à espera de Godot...


De Guida Alves a 23 de Julho de 2005 às 23:40
Que se passa? Já te esqueceste que os tomates tinham ardido no ano passado? Beijos.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. NO RIO DA TOLERÂNCIA

. LEMBRANDO MARIA LAMAS, MA...

. SOLDADO FUI, OFICIAL TAMB...

. UMA VELHA PAIXÃO PELO “DL...

. LIBERDADE PARA FERRER GAR...

. VIVA A REPÚBLICA !

. FINALMENTE, A HOMENAGEM (...

. COM OS PALANCAS NEGRAS

. POR CESÁRIO VERDE
(esq...

.arquivos

. Setembro 2007

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds