Terça-feira, 19 de Julho de 2005

CANTILENA DA GREVE GERAL

restos.JPG

Ó minha senhora isto só lá vai com uma grandessíssima greve geral e oiça o que lhe digo porque mais tarde ou mais cedo é isso que vai acontecer e já o meu marido diz que eu tenho a mania dos exageros e vai-se a ver eu acerto sempre e só não acerto no euromilhões porque isso é coisa capitalista e a classe exploradora não quer nada comigo nem com os meus camaradas como não quis com aquele santinho que no mês passado foi a enterrar e não satisfeito com o que lhe fizeram quando vivo veio o imperialismo do bush e ainda o mandou queimar todo quando faleceu só que os camaradas estão organizados nas suas células que é onde as coisas se discutem e mandaram vir o jerónimo lá da coreia e da china que é o que nos sobra de bom na política internacional mais as praias de varadero onde a minha filha vai este verão se entretanto o furacão com que o bush atacou o camarada fidel for derrotado pelas massas populares e depois como eu lhe dizia os camaradas desforraram-se e ainda fizeram um enterro maior ao álvaro que o funeral reaccionário da irmã lúcia e que fez perder as eleições ao santana lopes e que connosco não resulta porque nós sabemos bem que isso de eleições é teatro da burguesia para adormecer os operários e se a senhora viu e que eu saiba foi a primeira vez que num funeral se gritou assim se vê a força quando o costume é achar que ao defunto a força é a coisa que mais lhe faltou e tanto que se ele se mexer desata tudo a fugir e a pensar em bruxas mas isso de enterrar o falecido com a força do pêcê foi mesmo o que mereceu este governo de direita que está ainda mais à direita que todos os outros e assim a luta é que é o caminho e pode acreditar que se os camaradas polícias entram na luta e cortam pontes e mais o que for preciso então não tem nada que saber que estes capitalistas caem mesmo porque muito por isso já fizeram os camaradas médicos mais os camaradas professores e os camaradas enfermeiros além dos camaradas da função pública e os camaradas donos das farmácias que também se vão juntar à luta porque a classe operária não pode adormecer e se a luta é de todos ninguém lhe deve faltar e a senhora vai ver se depois das férias e quando voltar aí a chuva que bem falta faz à reforma agrária que parou porque o alqueva está seco e todos com as ideias mais frescas e menos endrominados com a comunicação social se não se arma para aí uma grandessíssima greve geral e o governo da burguesia vai de pantanas e temos aí o camarada cavaco a meter isto na revolução.
publicado por João Tunes às 23:03
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Joo a 20 de Julho de 2005 às 16:25
Vaidoso fica quem vê um texto à guidinha ser gostado pela Guidinha...


De Guida Alves a 19 de Julho de 2005 às 23:29
Ahahahahahah!!!!! Magnífico!


De tv a 24 de Novembro de 2010 às 23:08
Estou a ver na televisao informacao sobre a greve geral de 24 de Novembro- os trabalhadores lutam pelos direitos conquistados com tanto sacrifício ao longo de várias gerações, pela manutenção dos salários, pela dignidade das condições de trabalho e de vida em geral.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. NO RIO DA TOLERÂNCIA

. LEMBRANDO MARIA LAMAS, MA...

. SOLDADO FUI, OFICIAL TAMB...

. UMA VELHA PAIXÃO PELO “DL...

. LIBERDADE PARA FERRER GAR...

. VIVA A REPÚBLICA !

. FINALMENTE, A HOMENAGEM (...

. COM OS PALANCAS NEGRAS

. POR CESÁRIO VERDE
(esq...

.arquivos

. Setembro 2007

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds