Terça-feira, 19 de Julho de 2005

A SUCESSÃO “NATURAL” DE CHISSANO PARA GUEBUZA

mozamb.JPG

“Este é também um governo de transição. A maior parte dos ministros e governadores não têm experiência para um nível tão alto e inevitávelmente alguns vão falhar. Além disso, nem todos os ministros foram escolhidos por Guebuza. Alguns foram nomeados por figuras seniores do partido Frelimo, alguns por razões pessoais, e o governo contem ainda ministros leais à ala Chissano do partido. Tem havido uma azeda luta interna no governo, e Guebuza está portanto ainda a tentar ganhar a lealdade do seu próprio governo. Parece provável que haja uma remodelação no próximo ano.”

“Entretanto, dentro do partido Frelimo, continua a luta entre apoiantes de Guebuza e de Chissano. A substituição de Chissano como presidente do partido não foi planificada nem esperada, mas aconteceu quando os leais a Guebuza sentiram que Chissano estava a minar o novo governo. Por isso Guebuza está a dispender parte do seu tempo reconstruindo o partido e assumindo o seu controlo, para fazer dele um instrumento de mobilização para o novo governo.”


De artigo do jornalista britânico Joe Hanlon citado aqui.
publicado por João Tunes às 15:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. NO RIO DA TOLERÂNCIA

. LEMBRANDO MARIA LAMAS, MA...

. SOLDADO FUI, OFICIAL TAMB...

. UMA VELHA PAIXÃO PELO “DL...

. LIBERDADE PARA FERRER GAR...

. VIVA A REPÚBLICA !

. FINALMENTE, A HOMENAGEM (...

. COM OS PALANCAS NEGRAS

. POR CESÁRIO VERDE
(esq...

.arquivos

. Setembro 2007

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds