Quarta-feira, 13 de Julho de 2005

UM SECRETÁRIO-GERAL NO TRAPÉZIO

heelaviatrixsmile12k[1].jpg

Esclarecedora a indigência ideológica com que o SG do PCP anda ás voltas com o esqueleto do marxismo-leninismo numa sua extensa entrevista ao Público de hoje. Jerónimo vira e revira o corpo do defunto, cruza e alinha-lhe os braços, compõe-lhe a cabeça para a seguir deixá-la cair na almofada, procura ajeitar-lhe a gravata e enfia-a na braguilha, depois procura ficar-lhe com os sapatos e perde os atacadores no meio das bolandas. Como metalúrgico terá sido stakhonovista (tanto que acabou a afinar máquinas) mas como marxista, ou como leninista, ou como marxista-leninista, ou como gato-pingado do “socialismo real”, o homem - politica e ideologicamente - é menos que um básico. Tanto discursou e tanto discursa que não teve nem tem tempo para ler. E quem não lê nem estuda, pouco aprende. Tal como as máquinas, ninguém se afina sózinho.

(Não é provocação, garanto, mas uma proposta de exercício – comparem a verborreia oca de Jerónimo com uma qualquer intervenção de Carvalho da Silva, seu camarada e líder da CGTP...)

Mas vale a pena ler-lhe a salganhada no que ela representa de húmus da consistência ideológica da praxis de um Partido que, de centralismo democrático em centralismo democrático, deu em Jerónimo como seu dirigente supremo. E o apregoado marxismo-leninismo, como matriz de identidade, em paleio de feirante.

Primeiro vem a grande linha – democracia, liberdade, pluralismo partidário e eleições. Nada a dizer pois quanto ao enquadramento constitucional do PCP que, assim formulado, não pisa o risco da social-democracia de esquerda. Depois, vem a caracterização da democracia pretendida como tão avançada que só o será quando socialista (com o comunismo longe mas não esquecido). Para isso, o mesmo Partido “constitucional” necessita de ser revolucionário e como Lenine o concebeu (!!! E que só pode ser, segundo Lenine – um “partido de novo tipo” constituído por um exército de revolucionários profissionais para tomarem o poder pela violência). Mas o marxismo-leninisno baixa de imediato para o nível dos ensinamentos de Marx (que, concede, não terá acertado em tudo). E, depois, volta a subir até Lenine pela sua caracterização do imperialismo que tem muito a ensinar em tempos de globalização. E, daí, desemboca no centralismo democrático para que o partido seja unido, coeso, com uma só orientação e uma só direcção. Pelo caminho, desmascara os dissidentes como confessos “social-democratas”, ou seja, exactamente a formulação com que ele apresenta a linha política actual do seu partido (democracia, liberdade, pluralismo partidário, eleições). O que sugere, fazendo fé na profissão de fé da afirmada inserção do PCP no "arco constitucional", então, com bolcheviques como este, Lenine teria deixado Kerenski no poder, não dissolveria a Assembleia Constituinte, não transferia todo o poder aos Sovietes, deixaria os kadetes em sossego no Palácio de Inverno, o Cruzador Aurora meteria cravos nas bocas dos canhões, Eisenstein não teria matéria para filmar e Lenine e Jerónimo (se fosse possível alterar as leis da vida e das gerações) seriam camaradas numa tertúlia de mencheviques e, aí, arriscavam-se a tropeçar em Vital Moreira ou no Pina Moura. Que trapezista este!
publicado por João Tunes às 17:14
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Joo a 13 de Julho de 2005 às 23:16
Porque me criticas se, tendo combatido o "grande Cunhal", peça meças ao seu medíocre sucessor? Desculpa lá, Magude, mas "ali" há "património" meu... (pouco, muito pouco, mas talvez mais que a quota do Jerónimo)


De magude a 13 de Julho de 2005 às 22:04
Oh João, não batas mais no ceguinho que é feio! O Harmónio não merece! O homem já se calou quando lhe mandaram, já foi deputado porque lhe mandaram, já foi candidato a Presidente porque lhe mandaram, já dançou porque também lhe devem ter mandado, agora é Secretário-Geral porque lhe mandaram e quando o mandam ligar o gravador e limpar o pó à cassete tu cascas-lhe! Não é justo!O que queres amigo, eu tenho uma queda pelos Calimeros!


De Cludia a 13 de Julho de 2005 às 17:21
Concordo com isso!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. NO RIO DA TOLERÂNCIA

. LEMBRANDO MARIA LAMAS, MA...

. SOLDADO FUI, OFICIAL TAMB...

. UMA VELHA PAIXÃO PELO “DL...

. LIBERDADE PARA FERRER GAR...

. VIVA A REPÚBLICA !

. FINALMENTE, A HOMENAGEM (...

. COM OS PALANCAS NEGRAS

. POR CESÁRIO VERDE
(esq...

.arquivos

. Setembro 2007

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds